Neymar é um dos grandes candidatos a estar entre os três finalistas da Bola de Ouro - para já, o brasileiro integra a lista de nomeados anunciada pela 'France Football' - e Unai Emery, treinador do Paris Saint-Germain, assumiu que esse é um objetivo não só do jogador mas também do clube francês.

"Nós queremos o melhor. Vamos ajudar Neymar para que esteja entre os candidatos e para ganhar o troféu. Hoje em dia há imensos jogadores muito fortes em todo o Mundo. No futuro, vamos trabalhar e ajudá-lo a ser um candidato importante neste troféu", adiantou o técnico espanhol na conferência de imprensa de antevisão do encontro com o Dijon, a realizar no sábado.

Emery mostrou-se ainda satisfeito por todos os jogadores do PSG envolvidos nos trabalhos das seleções nacionais se terem qualificado para o Mundial'2018 e garantiu que os problemas físicos de Thiago Silva, Kurzawa e Di María não são preocupação - os dois primeiros só deverão, ainda assim, ser opção para a Liga dos Campeões, na quarta-feira, frente ao Anderlecht.

O treinador dos parisienses deixou ainda elogios a Di María, salientando a sua importância para a equipa. "Esta época esteve suspenso na Supertaça e, depois, fez boas exibições antes de se lesionar. Durante um mês não esteve a 100 por cento, mas fez um jogo muito bom pela Argentina [frente ao Equador]. Com os encontros que vamos disputar, vamos precisar de todos. Quando ele está bem e a 100 por cento física e mentalmente, com a qualidade que tem, é um jogador importante", frisou Unai Emery.