A pedido de José Mourinho, o Manchester United accionou uma cláusula no contrato de Marouane Fellaini que prolonga o contrato do médio por mais uma temporada, de acordo com o jornal 'The Sun'. O clube de Old Trafford confirmou esta quinta-feira a decisão e, assim, o vínculo entre as partes termina agora em junho de 2018.

O anúncio foi avançado escassos dias depois do internacional belga ter apontado um dos dois golos da equipa no triunfo sobre o Hull (2-0) em partida da primeira mão das meias finais da Taça da Liga. O momento foi um dos destaques da noite em Old Trafford, pois o futebolista correu de imediato para o banco de suplentes para festejar abraçado a Mourinho.

Na flash interview e conferência de imprensa após o jogo, o treinador português foi questionado sobre a situação e, na resposta, salientou a recente fase complicada que Fellaini passou, depois de ser assobiado pelos adeptos do próprio United, sublinhando que estará sempre ao lado do futebolista.

Por outro aldo, a notícia do jornal inglês adianta ainda que o United poderá avançar com uma proposta para um novo contrato caso Fellaini continue a jogar nos próximos meses ao nível a que esteve no embate com o Hull.

O médio-centro de 29 anos foi contratado ao Everton em 2013, representando um investimento de 32,4 milhões de euros na altura. O seu valor de mercado ronda atualmente os 15 milhões de euros.