O guarda-redes Loris Karius considera que o Liverpool terá um jogo difícil na quarta-feira com o FC Porto, no Estádio do Dragão, na Liga dos Campeões, mas que a segunda mão em casa pode ser benéfica.

"Eles jogam bom futebol, mas vamos determinados em conseguir um bom resultado na primeira mão. Ter o segundo jogo em casa pode ser uma vantagem real para nós, mas para que o seja temos que nos colocar em boa posição", disse Karius, em declarações à página oficial dos reds.

O guarda-redes alemão, titular nos últimos jogos do Liverpool, justificou que a visita ao Dragão, em jogo que terá início às 19H45 de quarta-feira, poderá ser benéfica, se os reds marcarem fora e não sofrerem golos.

"Temos jogos importantes em calendário e agora é importante manter esta forma. Queremos ir o mais longe possível na Liga dos Campeões", acrescentou.

Também em declarações à página do clube, o médio holandês Wijnaldum falou em relação ao jogo com o FC Porto, dentro da mesma linha de pensamento, em que a primeira mão não decidirá, mas poderá influenciar.

"Na primeira mão a ver se garantimos um bom resultado para a segunda. É o que temos que fazer, sabemos que não ganhamos num único jogo. Podemos ver em outros jogos e com outros clubes as coisas estranhas que acontecem", referiu.

O médio holandês acabou por lembrar a eliminatória da última época entre Paris Saint-Germain e Barcelona, em que os franceses venceram o primeiro jogo por 4-0 e perderam, e foram eliminados, em Camp Nou, por 6-1.

O jogador desvalorizou também o facto de jogar a segunda mão em Anfield Road, mas considerou que marcar fora poderá ser um bom indicador, por contar mais do que se o fizer em casa.

"Vamos tentar marcar, mas é o que tentamos em todos os jogos. Não posso que vamos mudar muito, vamos fazer o que temos feito em toda a época", assinalou Wijnaldum.

O jogo entre FC Porto e Liverpool, da primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, disputa-se na quarta-feira no Estádio do Dragão (19H45), com arbitragem do italiano Daniele Orsato.