O nosso website armazena cookies no seu equipamento que são utilizados para assegurar funcionalidades que lhe permitem uma melhor experiência de navegação e utilização. Ao prosseguir com a navegação está a consentir a sua utilização. Para saber mais sobre cookies ou para os desativar consulte a Politica de Cookies Cofina

Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Ryan Mason abandona futebol após fratura craniana

Ex-jogador de Marco Silva no Hull City põe ponto final na carreira aos 26 anos

A carregar o vídeo ...
Choque arrepiante com Cahill deixou Mason KO
O internacional inglês Ryan Mason, que sofreu um grave traumatismo craniano em janeiro do último ano, num choque com Gary Cahill e que o obrigou a uma intervenção cirúrgica, anunciou o final de carreira.

"Trabalhei incansavelmente para regressar. Infelizmente, seguindo o conselho de médicos especialistas, não tenho outra opção que não seja a de me retirar, devido aos riscos inerentes ao tipo de lesão", escreveu o jogador na sua conta no Instagram.

Ryan Mason, de 26 anos, sofreu um traumatismo em janeiro de 2017, num choque com o defesa do Chelsea Gary Cahill, quando representava o Hull, que era treinado por Marco Silva, e teve que ser operado ao crânio.

O jogador esteve em risco de vida, ao ponto de ter que receber oxigénio no relvado e ser operado a uma fratura no crânio, e atravessou desde então um longo período de recuperação.

Hoje, também o Hull City assinalou a despedida do jogador, explicando que Ryan Mason procurou informação junto de renomados especialistas nas áreas da neurologia e neurocirurgia, que o aconselharam a parar.

"É com grande pesar que o clube anuncia que, na sequência da lesão sofrida na cabeça em 22 de janeiro de 2017, que Ryan Mason deixa o futebol, com efeitos imediatos", diz a nota do Hull City.
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M