Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Vírus no hotel? Southampton suspeita de jogadas muito sujas em Swansea...

'Saints' defrontam esta terça-feira a equipa de Carvalhal mas tiveram de dormir a 65 km do estádio

O Southampton e o Swansea de Carlos Carvalhal defrontam-se esta terça-feira à noite num embate da Premier League que pode ser primordial no que à permanência no principal campeonato inglês diz respeito, mas os 'saints' suspeitam que estejam a ser vítimas de 'jogadas sujas', que visam perturbar os seus jogadores antes de tão importante confronto.

Hotel Marriott, em Swansea
Conta a imprensa inglesa desta terça-feira que o Southampton tinha reservado 40 quartos no Marriott de Swansea, que fica a apenas 4 quilómetros do estádio, mas poucas horas antes de iniciar a viagem para a cidade a comitiva recebeu uma informação do hotel de que haveria um surto de um vírus nas instalações, e que já não seria possível receber a equipa.

Tratando-se da única unidade hoteleira da cidade com capacidade para receber uma formação da Premier League, os responsáveis da equipa trataram de arranjar outra acomodação o mais rapidamente possível e o melhor que conseguiram foi um hotel a 65 quilómetros do estádio do Swansea, deixando-os à mercê do trânsito em hora de ponta, pois o jogo disputa-se às 19h45.

Só que tudo isto pareceu muito estranho e mais tarde os 'saints' descobriram que o Marriott em Swansea afinal continuava a receber hóspedes! O clube inquiriu os responsáveis do hotel se poderiam voltar a fazer a marcação dos 40 quartos, mas foi-lhes dito que tal já não era possível. 

O incidente lançou a suspeita de tudo isto não passar de uma 'jogada suja' para perturbar a equipa e alguns adeptos do Southampton têm deixado comentários pouco simpáticos nas páginas online onde é possível fazer reservas para aquele hotel.

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M