O diretor desportivo da Juventus, Fabio Paratici, foi esta quarta-feira suspenso por duas semanas e multado em 20 mil euros, devido a "expressões extremamente ofensivas e insultuosas" que visavam o videoárbitro (VAR) após o empate (2-2) contra a Atalanta.

Mario Mandzukic, futebolista croata da Juventus, aumentou a vantagem para os bianconeri na segunda parte, mas o golo acabou por ser invalidado devido a uma falta, fazendo com que a sua equipa perdesse os primeiros pontos nesta temporada.

É a primeira vez que um jogador, treinadores ou dirigentes na liga italiana é banido por insultar o VAR, que foi apresentado esta temporada.

Paratici está banido do campo e dos balneários durante a partida da Juventus contra a Lazio, do internacional português Nani, em 14 de outubro.

A Juventus ocupa o segundo lugar da liga italiana, com 19 pontos, atrás do Nápoles que está em primeiro lugar, com 21.

Autor: Lusa