Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Montella defende André Silva: «Por vezes os jogadores só são julgados pelo seu preço»

Ex-treinador do Milan fala em necessidade de tempo de adaptação: "agora já está a mostrar o potencial que tem"

• Foto: Reuters
O Milan investiu forte para 2017/18 e a pressão criada pelas expetativas em relação a uma candidatura ao título na Serie A terá sido determinante para o insucesso na primeira metade da temporada e para a consequente demissão de Vincenzo Montella, a 27 de novembro de 2017.

O treinador italiano, agora à frente do Sevilha, explicou agora o que falhou, apontando a necessidade das administrações terem bodes expiatórios e para a inexperiência dos jogadores, "que nunca ganharam nada nas carreiras", deixando elogios a alguns dos reforços, como é o caso de André Silva.

"André Silva é muito jovem mas agora já está a mostrar o potencial que tem. Por vezes os jogadores são apenas julgados pelo preço que os clubes pagam por eles, mas quando se fala de avançados que vêm de fora, tudo de torna mais complicado e a adaptação leva mais tempo", assinalou Montella em entrevista à estação Radio Anch’io Sport

"Os treinadores também são pagos para serem bodes expiatórios. Fiz o melhor que sabia e cometi alguns erros. Recebemos 10 jogadores que vieram de outras ligas, muitos deles sem experiência internacional mas dos quais se esperava resultados imediatos. Mas os nossos jogadores nunca ganharam títulos e precisavam de tempo para se adaptarem. Penso que deveriam ter sido mais pacientes e foi o que disse na altura aos nossos dirigentes", acrescentou o treinador.
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M