Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Só há uma forma de a Roma perdoar o Barcelona pelo 'roubo' de Malcom

James Palotta revela que catalães entraram em contacto consigo

• Foto: Reuters
A novela em torno de Malcom ficou atravessada na garganta dos dirigentes da Roma, que apenas estão dispostos a aceitar um pedido de desculpas com um brinde... chorudo. A revelação foi feita pelo presidente do clube, o norte-americano James Palotta, numa declaração na qual revela ter sido contactado pelos dirigentes do Barcelona precisamente para pedir desculpas pelo sucedido em relação ao avançado brasileiro.

"O Barcelona interveio de maneira antiética. De manhã, o Monchi fez uma videoconferência com o agente de Malcom e um acordo foi feito. Recebemos um aconselhamento legal e parece que o Bordéus será chamado para depor. Ontem o Barcelona pediu desculpas, mas eu não aceitei", começou por dizer o líder dos romanos, revelando depois a única forma de aceitar o pedido de desculpas.

"A única maneira de aceitar é se eles decidirem dar o Messi. Ainda assim, não fechámos relações com o Barcelona, pois eles são maiores do que nós e faremos acordos no futuro", acrescentou ainda, em declarações à rádio 'Sirius XM'.

Lembre-se que o Bordéus, na terça-feira, anunciou acordo e autorizou a viagem do dianteiro de 21 anos para Roma para fechar a transferência, uma decisão que anularia horas depois, em face da entrada em cena do Barcelona, que acabou por desviar o promissor avançado para a Liga espanhola. Toda a história foi contada por Monchi, diretor desportivo romano, levando mesmo a uma resposta irónica do Barça.
Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M