Cristiano Ronaldo não volta mais ao Real Madrid, sabe Record. A decisão do internacional português, que se encontra ao serviço da Seleção Nacional na Taça das Confederações, está tomada.

CR7 tem sido contactado por diversas personalidades nos últimos dias, lamentando toda a situação que tem vivido. Algumas lembraram mesmo que Espanha perderá assim o seu maior contribuinte individual.

No dia 13, o Ministério Público espanhol acusou Cristiano Ronaldo de ter, de forma "consciente", criado uma sociedade para defraudar o fisco espanhol em 14,7 milhões de euros.

Quarta-feira à partida para a Rússia, o capitão da Seleção Nacional mostrou-se sereno face às notícias dos últimos dias. "Estou de consciência tranquila", respondeu de longe a um jornalista de uma televisão espanhola.

Quinta-feira, na sua página no Instagram, CR7 colocou uma foto acompanhado com a seguinte legenda : "Às vezes a melhor resposta é estar calado".

Apesar de todo o circo mediático dos últimos dias - que não lhe é naturalmente indiferente - Cristiano Ronaldo está determinado em manter o foco na Taça das Confederações, prova onde Portugal se estreia.


Inquérito Record

Cristiano Ronaldo faz bem em querer deixar o Real Madrid?