A 'France Football' publica o conteúdo do que será um SMS que Cristiano Ronaldo terá enviado a um dos seus amigos no verão de 2012 no qual manifesta ansiedade por se transferir para o Paris Saint-Germain (PSG) por não sentir que o Real Madrid o apoiava o suficiente de forma a afirmar-se indiscutivelmente como melhor jogador do Mundo, ao contrário do que o Barcelona fazia com Lionel Messi.

"Quero ir para Paris. Lá eles vão apreciar-me verdadeiramente. Os franceses estarão tão felizes por eu jogar no campeonato deles que a comunicação social fará campanha a meu favor para a Bola de Ouro", lê-se na transcrição que a revista francesa publica, sublinhando que viu o SMS.

O artigo da 'France Football' prossegue com a divulgação do que terá sido a reação de Florentino Pérez à decisão de Ronaldo:

"Vens dizer-me isso agora, quando a janela de transferências está fechada? Tudo bem! Então, encontra-me um clube que aceite colocar 200 milhões de euros em cima da mesa. Com esse dinheiro pagarei a cláusula de rescisão do Messi e coloco-o no teu lugar!"

Ronaldo, escreve ainda a revista, não gostou da resposta do presidente do Real Madrid e manifestou-se disposto a entrar num 'braço-de-ferro' com o clube.

O capitão da Seleção Nacional acabaria por conquistar a Bola de Ouro de 2013 e 2014, numa altura em que já tinha renovado contrato com o Real Madrid - a oficialização foi feita pelo clube merengue a 15 de setembro de 2013.