No verão, enquanto se disputava a Taça das Confederações, Cristiano Ronaldo foi um dos nomes mais falados no Mundo futebolístico, não apenas pela sua presença na Rússia, mas especialmente pelo facto de ter feito notar o seu descontentamento ao Real Madrid. Na altura, chegou a saber-se que CR7 terá pedido para sair, mas aquilo que não se soube é que os merengues... aceitaram o pedido!

Essa é, pelo menos, a história este domingo revelada pelo 'Sunday Times', que dá conta da resposta afirmativa do Real à petição de CR7, mas com uma condição: que os merengues conseguissem contratar Kylian Mbappé. Foi aí que tudo foi por água abaixo, quando o pai do jogador torceu o nariz à mudança do filho para Madrid, trocando as voltas tanto ao Real como a Cristiano Ronaldo, que desta forma acabou por ser 'obrigado' a permanecer em Madrid. Quanto a Mbappé, acabou por não ficar no Monaco, optando por mudar-se para Paris, para representar o PSG, inicialmente a título de empréstimo.

Refira-se que, segundo o 'Sunday Times', o Real Madrid terá também oferecido Gareth Bale ao Man. United, sempre na tentativa de abrir espaço para Mbappé, mas o extremo galês terá recusado a possibilidade de se mudar para Old Trafford.

Autor: Fábio Lima