O Real Madrid não vai utilizar o autocarro oficial em Girona, decidindo antes por um alugado, devido à tensão social e política que tem afectado toda a Catalunha nas últimas semanas.

A decisão, segundo o jornal espanhol 'El Mundo' e confirmado pelo 'As', deve-se a questões de segurança e por precaução. O Real Madrid vai inclusivamente mudar alguns protocolos para garantir a máxima segurança e tranquilidade, numa altura em que a incerteza reina naquela espanhola.

O clube está também preocupado com a ameaça de greves gerais impulsionadas pelos movimentos independentistas.Não está descartada a hipótese de o Real Madrid viajar apenas no domingo se as tensões na Catalunha se agravarem.

O Real Madrid desloca-se a Girona a 29 de outubro, em jogo a contar para mais uma jornada da La Liga, isto depois do encontro quinta-feira com o Fuenlabrada para a Taça do Rei.