José Nunes venceu pela terceira vez um prémio semanal na Liga Record e este terá sido o mais difícil e inesperado. A sua sorte residiu no facto de o outro concorrente com 82 pontos ter gasto o total do orçamento (40 milhões de euros), mais 100 mil euros do que o vencedor.

"Não estava à espera de ganhar, porque me esqueci do treinador. Este plantel tem como base o Sporting, mas esqueci-me de colocar o Jorge Jesus, ficou o Rui Vitória, que não pontuou", começou por explicar José Nunes, ainda desiludido com a derrota do Benfica no Bessa. O treinador de bancada é um veterano na Liga Record. Participa no concurso desde o início e esta época orienta 40 equipas.

"São quase todas baseadas nos grandes, a maioria com jogadores do Benfica. Calhou ganhar com esta do Sporting. Curiosamente, nem tenho o Bas Dost, tive de ficar com o Gelson", rematou.


Autor: Miguel Amaro