Ao fim de dois meses e depois de recolher os pareceres jurídicos, a Federação Portuguesa de Atletismo notificou, ontem, o Benfica, informando que aceita a legalidade das inscrições dos cinco atletas que se transferiram para o Sporting. Em primeira instância, trata-se de uma situação favorável aos leões em relação aos atletas Nelson Évora, Rasul Dabo, Marcos Caldeira, Hélio Gomes e Tiago Aperta.

O nosso jornal apurou que o Benfica pode contestar a decisão federativa, tendo 10 dias para o fazer. Recorde-se que quando terminou o período de transferências, no final de outubro do ano passado, as águias afirmaram que este processo seguira para o departamento jurídico do clube e que iria correr os processos normais nos tribunais, isto independentemente do que fosse a direção da FPA.

Há alguns dias, o Benfica enviou uma carta à FPA pedindo esclarecimentos sobre a situação do meio-fundista Hélio Gomes, que ganhou em dezembro o Grande Prémio do Natal com a camisola do Sporting.

Enquanto se aguarda pela posição do Benfica, Record sabe que Hélio Gomes está em condições de competir no próximo sábado no Campeonato Nacional de Estrada, que começa e termina no Estádio Nacional, competição que será o primeiro confronto da temporada entre os rivais da 2ª Circular.

Fontes ligadas ao processo garantiram que a Federação Portuguesa poderá invocar o interesse nacional, atendendo à proximidade do Campeonato Europeu de pista coberta (3 a 5 de março, em Belgrado), sendo visto o Nacional de estrada como uma prova de observação.

Polémica após os Jogos

O interesse do Sporting nos cinco atletas que eram do Benfica acentuou-se mais a partir dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. Os atletas receberam propostas financeiras superiores e decidiram mudar de ares e para o rival.

Apesar de as águias terem exercido o direito de preferência, os leões tranquilizaram os atletas, dando conta de que estavam defendidos, depois de terem obtido um parecer jurídico favorável.

O caso mais mediático foi o de Nelson Évora, campeão olímpico em Pequim’08, que depois de ter representado a formação da Luz durante mais de dez anos, decidiu rumar a Alvalade, sendo apresentado aos adeptos leoninos a 22 de outubro, no intervalo do jogo de futebol entre o Sporting e o Tondela.


Autor: Norberto Santos