Sónia Gonçalves e Bruno Carvalho foram esta quinta feira os portugueses a passar em singulares a fase de qualificação do Open de Portugal de badminton, a decorrer nas Caldas da Rainha, no centro de alto rendimento da modalidade.

No jogo de acesso ao quadro principal de singulares femininos - em que Telma Santos teve entrada direta -, Sónia Gonçalves impôs-se à sueca Rebecka Kuh, com os parciais de 21-12 e 21-18, em 29 minutos.

No quadro de masculinos, Portugal também tinha um jogador com entrada direta, Bernardo Atilano. Na ronda de qualificações, Bruno Carvalho conseguiu um bom apuramento, já de noite, com 21-18 e 30-28, em 42 minutos, no que foi um dos mais longos jogos da jornada.

Pouco tempo antes, Bruno Carvalho fizera equipa com Tomas Nero e assegurara vaga no quadro principal de pares, a exemplo de Marco Jorge e Gonçalo Almeida. Com entrada direta estavam Bernardo Atilano e Ângelo Silva.

Em pares femininos, nenhuma portuguesa passou na qualificação. No quadro principal estão Mariana Chang/Mariana Leite, e a dupla luso-francesa Joana Lopes/Juliane Piron.

Sónia Gonçalves e Tomas Nero seguem em frente, nos pares mistos. Com entrada direta no quadro estavam Rui Mendes/Joana Lopes, Ricardo Silva/Juliane Piron e Miguel Rocha/Mariana Chang.

Autor: Lusa