Começa hoje oficialmente a temporada do basquetebol em Portugal. Na cidade alentejana de Sines, Benfica e CAB Madeira decidem, a partir das 16 horas, a posse da 33ª edição da Supertaça.

Frente a frente vão estar a formação que fez a dobradinha e a equipa madeirense finalista vencida da Taça de Portugal, que parte com o objetivo de contrariar o natural favoritismo do Benfica e alcançar a primeira Supertaça da sua história.

As equipas chegam a Sines em condições muito diferentes. Enquanto a equipa da Luz soma já uma série de jogos realizados, incluindo quatro na fase de qualificação da Liga dos Campeões da FIBA Europe, o CAB Madeira vai fazer no Multiusos de Sines a primeira partida da temporada.

"Os jogadores têm dado boas indicações, mas vamos jogar a Supertaça sem termos feito qualquer jogo, ao contrário do Benfica. Apesar desse ‘handicap’, queremos continuar a ser uma equipa competitiva", disse à Lusa o técnico madeirense, João Paulo Silva, que vai apresentar em Sines cinco caras novas: Tommie Eddie, Khalen Cumberland, João Grosso e os ex-benfiquistas Mário Fernandes e Diogo Gameiro. De fora fica o cabo-verdiano Michael Mendes, por não ter conseguido a tempo o visto para viajar para Portugal.

Recuperar o troféu

Do lado do Benfica, apenas um objetivo. Reconquistar a Supertaça, perdida na época passada para o FC Porto, em Vila Real, por 84-70. Para o conseguir, o novo técnico, José Ricardo, para além dos internacionais Tomás Barroso, Nuno Oliveira, João Soares e Cláudio Fonseca e angolano Carlos Morais, conta com três novidades: o também internacional José Silva e os norte-americanos Jesse Sanders e Antywane Robinson.

"Esperamos um jogo muito complicado. Vamos defrontar uma equipa muito bem orientada, que se reforçou, e que, tal como nós, tem como objetivo ganhar o primeiro troféu da época", disse Carlos Morais ao site do clube.


Autor: Vítor Ventura