Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Espanha e Eslovénia completam fase de grupos só com vitórias

Cinco triunfos em cinco jogos

• Foto: EPA
A detentora do título Espanha e a Eslovénia foram as seleções em destaque na fase de grupos da edição 2017 do Europeu de basquetebol, ao concluírem os respetivos agrupamentos com cinco triunfos em cinco jogos.

Os espanhóis somaram hoje o quinto triunfo, ao baterem a Hungria por 87-64, com 20 pontos de Pau Gasol, que se tornou o melhor marcador da história dos Europeus, com 1.111 pontos, contra os 1.104 do francês Tony Parker, que é seu companheiro de equipa nos San Antonio Spurs, da NBA.

Gasol, que conta dois títulos da NBA, um mundial, três europeus, duas pratas e um bronze olímpicos e um mundial de juniores (Portugal, em 1999), logrou, assim, mais um feito na sua carreira, ele que foi 'MVP' dos Europeus de 2009 e 2015.

A Espanha, que já havia batido Montenegro (99-60), República Checa (93-56), Roménia (91-50) e Croácia (79-73) e procura o quarto título, após 2009, 2011 e 2015, vai medir forças nos 'oitavos' com a Turquia, no domingo.

Os turcos, que têm como melhor classificação o segundo posto de 2001 (em casa), sofreram hoje o terceiro desaire, ao caírem por 89-79 face à Letónia, liderada por 28 pontos e sete ressaltos de Kristaps Porzingis, jogador dos New York Knicks.

Quanto à Eslovénia, que completou quarta-feira o pleno, ao bater a França por expressivos 95-78, com 22 pontos e oito assistências de Goran Dragic, vai encontrar no sábado a Ucrânia, que só ganhou dois jogos no Grupo B.

Os eslovenos têm como melhor registo em Europeus o quarto lugar de 2009, enquanto os ucranianos destacaram-se em 2013, ao conseguirem o sexto posto.

Ainda no sábado, e como ficou definido quarta-feira, também se defrontam Alemanha e França, campeãs em 1993 e 2013, respetivamente. A Finlândia encontra a bicampeã Itália (1983 e 1999) e a Lituânia (campeã em 1935, 1937 e 2003 e 'vice' nas duas últimas edições) joga com a Grécia (campeã em 1987 e 2005).

O quadro de domingo ficou hoje fechado, com a Sérvia a vencer a Bélgica por 74-54, com 22 pontos do 'gigante" Boban Marjanovic, e a conquistar o Grupo D, marcando encontro com a Hungria, quarta do C, após o desaire com os detentores do cetro.

Nos outros dois embates, a Croácia, que hoje cilindrou a República Checa por 107-69, com 25 pontos de Bojan Bogdanovic, defronta a Rússia, vencedora por 82-70 face à Grã-Bretanha, com 30 pontos e oito assistências de Alexey Shved.

Por seu lado, a Letónia enfrenta o Montenegro, que superou a Roménia por 86-69 e já garantiu a sua melhor classificação de sempre, que era o 17.º posto de 2013.

Fora dos 'oitavos', dos 16 melhores da edição 2017, ficaram Polónia, Islândia, Geórgia, Israel, República Checa, Roménia, Bélgica e Grã-Bretanha, sendo que, a partir dos 'oitavos', a aprova fica apenas sediada em Istambul.
Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Eurobasket

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M