O canoísta Antoine Launay tornou-se esta quarta-feira o primeiro português, em mais de uma década, a apurar-se para as meias-finais dos Mundiais de slalom, ao terminar em quarto lugar a segunda manga de qualificação da prova de K1.

Launay terminou a prova com o tempo de 79,95 segundos, mais 70 centésimos do que o mais rápido, o francês Sebastien Combot, dentro do lote de 10 atletas qualificados, aos quais se juntaram os 30 primeiros classificados da manga inicial, realizada em Pau (França).

O canoísta português tinha sido apenas 83.º classificado na primeira manga, devido a uma penalização de 50 segundos, por ter falhado a passagem de uma porta, que o impediu de assegurar desde logo o apuramento para as meias-finais de sexta-feira.

Os outros dois atletas portugueses presentes na prova de K1 não conseguiram idêntica proeza: Ivan Silva foi 56.º na primeira manga e 19.º na segunda, a 5,06 segundos da qualificação, e Frederico Alvarenga, estreante na competição mundial absoluta, terminou na 96.ª e 70.ª posições.