Alfredo Faria e Miguel Rodrigues concluíram este domingo a participação portuguesa nos Mundiais de maratonas de canoagem, em Pietermaritzburgo, África do Sul, com um 10.º lugar em K2.

A dupla portuguesa completou os 30 quilómetros de prova em 2:05.50 horas, gastando mais 4.39 minutos do que os sul-africanos Hank McGregor e Jasper Mocke, que revalidaram o título e alcançaram a medalha de ouro pela terceira vez - a primeira foi em 2014.

McGregor e Mocke bateram novamente os húngaros Adrian Boros e Laszlo Solti e os também sul-africanos Andrew Birkett e Jean van der Westhuizen, numa repetição do pódio dos campeonatos do mundo de 2016.

McGregor juntou este título ao que obteve no sábado em K1 - o sétimo da sua carreira - numa prova em que o português José Ramalho, pentacampeão europeu foi quarto classificado, falhando por dois segundos a sua quinta presença no pódio, depois da prata em 2012 e do bronze em 2009, 2014 e 2016.

Portugal concluiu os Mundiais com duas medalhas, a prata de Sérgio Maciel em C1 sub-23 e o bronze de Duarte Silva em C1 juniores.

Autor: Lusa