Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Presidente da Federação fala em "dia memorável"

Fernando Pimenta conquistou o ouro em K1 1.000 metros

• Foto: Lusa
O presidente da Federação Portuguesa de Canoagem, Vítor Félix, exultou este sábado com o "dia memorável" proporcionado pela inédita medalha de Fernando Pimenta em K1 1.000 nos Mundiais, que terminam domingo em Montemor-o-Velho.

"Conquistar um título inédito no campeonato do Mundo que o Fernando perseguia há muito tempo - e numa organização portuguesa a todos os níveis a melhor de sempre - não me podiam deixar mais feliz. É um dia memorável", assumiu, quando se completam 29 anos da primeira medalha mundial de Portugal, conquista em 1989 por José Garcia em K1 10.000, na Bulgária.

Em declarações à Lusa, o dirigente assume o dia "emotivo": "Por muito que se sonhe com este momento, quando ele acontece nunca estamos preparados. Confesso que estava muito nervoso. É um dia memorável para a canoagem e para o desporto português".

Pelo currículo, Vítor Félix entende que o tricampeão da Europa "já entrou na galeria dos notáveis do desporto português", considerando que agora só lhe falta o pódio nos Jogos Olímpicos, que tentará já em Tóquio'2020.

"Já não necessitava de muito para estar nesta galeria de notáveis. Destaco o trabalho do treinador Hélio Lucas, muito sábio. Trabalhou tudo ao pormenor. Parabéns também pelo trabalho que tem feito com a equipa feminina. Está a elevar o nível da canoagem portuguesa", elogiou.

Vítor Félix lembra que a federação "está a elevar a fasquia ano após ano" e teme que "qualquer dia não haja um patamar para subir", referindo-se aos "títulos acumulados" na canoagem internacional, que tornam a modalidade "uma referência no desporto português nos últimos 10 anos".
Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Canoagem

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M