Albergaria-a-Velha viveu ontem um dia de festa com a apresentação da equipa da terra, a LA Alumínios Metalusa Blackjack, cerimónia que terminou com um concerto da banda Anjos, cujos elementos principais, os irmãos Sérgio e Nelson, são grandes fãs de ciclismo, onde têm, de resto, muitos amigos. A ‘nova’ formação do pelotão nacional, que substitui a LA-Antarte e cujo patrocinador principal é o mesmo, a empresa de Luís Almeida, mantém a ambição da sua antecessora, a Volta a Portugal.

E nada melhor que apostar num filho da terra para chegar ao triunfo. "Estou aqui para ajudar a equipa em tudo o que me for pedido e tenho como maior sonho vencer a Volta a Portugal", confessou Edgar Pinto, que, aos 31 anos, está de regresso ao pelotão nacional, após algumas épocas a correr no estrangeiro, na Skydive Dubai. César Fonte, Hugo Sancho e Luís Afonso são as outras referências da equipa, sendo que o restante plantel é composto por dois espanhóis, Samuel Blanco e António Angula, e por dois jovens portugueses, João Matias e Zulmiro Magalhães.

Para além do ciclismo tradicional, a formação de Albergaria conta com uma secção de paraciclismo, com Telmo Pinão e Carlos Santos. O primeiro esteve nos Jogos do Rio’2016 e exerce ainda funções de marketing e comunicação.


Autor: Ana Paula Marques