O italiano Stefano Pirazzi foi suspenso por quatro anos, por ter acusado positivo num controlo antidoping realizado uma semana antes da Volta a Itália de 2017, anunciou esta terça-feira a União Ciclista Internacional (UCI).

O organismo regulador da modalidade a nível mundial indicou que a suspensão de Pirazzi, de 30 anos, se prolonga até 3 de maio de 2021, mas o ciclista italiano pode recorrer da decisão para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS).

Pirazzi, que venceu a classificação da montanha no Giro de 2013, acusou uma hormona do crescimento num controlo realizado durante um treino, em maio, pouco antes do início da edição deste ano da prova italiana.

Autor: Lusa