O mundo dos desportos de combate está de luto. O canadiano Tim Hague, de 34 anos, morreu esta madrugada, em consequência dos ferimentos sofridos no combate de boxe com Adam Braidwood, realizado em Alberta, no Canadá.

Em estado crítico desde a noite de sexta-feira, pouco depois de ter sido internado na sequência do referido combate de boxe - do qual saiu pelo próprio pé -, o lutador canadiano foi operado de urgência ao cérebro, mas acabou por ser colocado em coma induzido em face da sua crítica condição. Nas horas seguintes a sua situação clínica viria a piorar e, esta madrugada, a sua família confirmou o óbito.

"É com incrível tristeza que anunciamos a morte do Tim. Ele partiu rodeado da sua família e ao som das suas músicas favoritas. Vamos sentir muito a sua falta. Pedimos privacidade neste momento complicado", comunicou a família do lutador, que recentemente havia feito a troca do MMA para o boxe.

Autor: Fábio Lima