Este fim de semana, Lisboa vai ser palco da Taça de Portugal de Boulder. "Costumo dizer que o Boulder são os 100 metros da escalada enquanto a desportiva [dificuldade] é a maratona. O Boulder é um "sprint" em que em dois ou três metros damos tudo. O percurso pede movimentos de força explosiva com técnica", explica João Pena, ex-campeão nacional e um dos candidatos à vitória na competição.

Esta prova reforça a aposta da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal (FCMP) na escalada. "Depois do sucesso do Campeonato Nacional de Dificuldade, esperamos que a Taça de Portugal de Boulder cimente este Calendário Nacional de Escalada como o melhor de sempre. Temos organização profissional, comunicação, equipamentos de grande qualidade, prémios monetários e, como sempre, grandes atletas que, esperamos, levem a escalada aos Jogos Olímpicos. Se não for em Tóquio, pelo menos, que se construam aqui as fundações de uma escalada nacional mais forte e que nos traga muitas alegrias", referiu Carlos Vieira, diretor-geral da FCMP