Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Luís Sénica: «A eficácia foi a diferença entre duas grandes seleções»

Técnico reage à derrota na final do Europeu

O selecionador nacional de hóquei em patins, Luís Sénica, destacou a eficácia espanhola como o grande fator que decidiu a final do Europeu. O técnico destacou ainda a seriedade da equipa e recordou que Portugal tem estado sempre nas finais nos últimos anos.

"A eficácia foi a diferença entre duas grandes seleções.

Ontem (sábado), disse que este jogo seria diferente daquilo que temos encontrado, que iam ser os pequenos pormenores a decidir.

Encontrámos duas barreiras, o guarda-redes espanhol e os postes. O resultado é desnivelado para o que aconteceu na pista. Nos primeiros 10 ou 15 minutos, Portugal esteve por cima. Podíamos ter disparado.

O que interessa destacar é a seriedade desta equipa. Fez tudo para estar dentro do jogo, em todos os momentos do jogo. Contrariámos o possível de contrariar, mas a eficiência e eficácia marcaram a diferença.

Faço um balanço positivo. Este grupo de trabalho nos últimos três anos tem três finais. É importante fazer uma análise dos momentos e situações. Tinha dito, desde Oliveira de Azeméis (Europeu de 2016), que esta seleção tem capacidade para estar mais vezes nas disputas dos grandes momentos.

O trabalho tem de ser coletivo e sistemático para poder ser mais intenso e chegar para contrariar seleções como a Espanha.

O importante é estar nas finais. Infelizmente, não caiu para nós, mas tudo fizemos para contrariar isso. Não sou capaz de dizer que é uma má prestação. Estamos desagradados e tristes, mas conscientes do que fizemos aqui. Somos um grupo de trabalho honesto e honrado".
Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Hóquei em Patins

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M