A Dinamarca e a França, com três medalhas de ouro cada, sobressairam este domingo no último dia dos primeiros Jogos Europeus, que se disputaram em Baku desde 12 de junho.

O grande dominador do evento acabou por ser a Rússia, mesmo que no encerramento só tenha marcado mais um triunfo, com a vitória no futebol de praia, com 3-2 à Itália, a justificar por que é campeã do mundo. A Rússia sai de Baku com 164 medalhas, sendo que 79 são de ouro, 40 de prata e 45 de bronze.

O bronze do futebol de praia foi para Portugal, após vencer a Suíça, por 6-5, o que elevou o total de medalhas lusas para 10 (3/4/3). Globalmente, isso posiciona o país em 18.º, entre 42 que lograram medalhas.

Na despedida do judo, a França arrecadou os dois títulos coletivos em disputa, tanto em femininos como masculinos, sendo a outra medalha de ouro gaulesa do dia a do ciclismo BMX masculino, para Joris Daudet.

Simone Christensen venceu o BMX feminino, no que foi uma das medalhas dinamarquesas do dia. As outras aconteceram no badminton, para Line Kjaersfeldt e para o par formado por Niclas Nohr e Sara Thygesen.

Pablo Abian deu a Espanha a vitória no badminton masculino e, no voleibol, a Alemanha impôs-se à Bulgária por 3-1.

No quadro global de medalhas, seguem-se à Rússia o país anfitrião, Azerbaijão (21/15/20), a Grã-Bretanha (18/10/19) e a Alemanha (16/17/33).