Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Trio em ação na maratona

Na despedida

• Foto: Miguel Barreira

Terminada a ação na pista, é hora da despedida dos Jogos Paralímpicos do Rio’2016, com o adeus a ser na habitual maratona, que contará com a presença de três portugueses: dois em T12 (Jorge Pina e Gabriel Macchi) e um em T46 (Manuel Mendes).

Uma maratona na qual Portugal não entra com grandes expectativas e que acabará por ficar para a história, desde logo pela retirada de Jorge Pina, que aos 40 anos irá fazer a sua última prova internacional. O anúncio foi feito ontem pelo próprio atleta, que padece de deficiência visual. "Amanhã [hoje] é o dia... Foram quatro anos de trabalho para esta grande prova, com momentos mais felizes, outros mais tristes, mas sempre com um só objetivo, dar o meu melhor", assegurou o atleta, que em Londres’2012 foi desqualificado - depois de em Pequim’2008 ter sido 18º. No Brasil, Jorge Pina estará acompanhado nesta sua última aventura pelos guias Luís Ginja e Paulo Ramos.

Quanto a Macchi, que foi 6º em Londres – também ele com deficiência visual e que correrá com os guias Jorge Rodrigues e Martim Nunes -, diz-se preparado para o desafio, ainda que tenha sido um dos atletas apurados em cima da hora, depois do afastamento russo do Rio.

Por fim, Manuel Mendes, de 45 anos, da classe T46, atleta amputado do braço esquerdo, também assegurou estar apto para hoje dar o seu melhor na prova.

Por Fábio Lima. Rio de Janeiro. Brasil
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M