Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Dream Team entra na onda carioca

A seleção dos Estados Unidos aproveitou a folga para descontrair pelo Rio de Janeiro

Carmelo visitou uma favela e compatriotas foram à praia de Ipanema

As estrelas do Dream Team não precisaram de dar espetáculo, como tão bem têm habituado o público na cidade carioca, para, entre um abrir e um fechar de olhos, ‘criarem’ à sua volta uma considerável camada de fãs na praia de Ipanema, no Rio de Janeiro.

Invicta e logicamente apurada para os quartos-de-final, a seleção norte-americana, grande candidata ao ouro, decidiu durante parte da sua folga trocar a ‘bola laranja’ pela de voleibol. Entre risos, bolas de futebol americano e muita descontração, o bom ambiente instalou-se na areia, com DeAndre Jordan a não perder a oportunidade de retribuir o gozo dos companheiros. Num lance-livre frente à China, o poste fez um ‘air ball’ (a bola não tocou no aro...) e foi alvo de muita ‘chacota’. Mas a verdade é que na praia muitos do seus compatriotas não conseguiram fazer a bola passar por cima da rede. "Como é que tens esses músculos e não consegues fazer com que a bola passe por cima?", atiravam algumas das estrelas da NBA, incluindo Jordan, a outras vedetas menos talentosas.

Contudo, a formação dos Estados Unidos jogou com menos um elemento, já que Carmelo Anthony trocou a areia carioca pelo alcatrão das ruas de uma favela.

Com o privilégio de ver o seu rosto pintado num grande muro, o melhor marcador olímpico dos EUA não quis deixar de registar o momento. Nas suas contas pessoais do Instagram e Snapchat, o extremo fez questão de mostrar ao Mundo que tinha, assim, "abençoado a favela". E, ainda que instalado num luxuoso barco, o famoso ‘hotel flutuante’ das equipas de basquetebol norte-americanas, o número 15 não poupou nas palavras de carinho que dirigiu à zona que visitou. "Descobri que aquilo que a maioria das pessoas chama de assustador e esquisito, eu caracterizo como confortável, aconchegante e... casa", revela o atual jogador dos New York Knicks.

Bom, mas o tempo de descontração terminou ontem e hoje o grupo volta a entrar em campo para tentar diminuir o caminho até à 15ª medalha de ouro olímpica. A partida está marcada para as 22h45 (em Lisboa), na Arena Carioca 1, e é frente a uma Argentina que ganhou o ouro em Atenas’2004 que a formação norte-americana discute a presença nas meias-finais da competição. Será o terceiro jogo dos quartos-de-final.

Por Inês Cunha
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Basquetebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M