Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Simone Biles vence 'all-around'e aponta a inédito penta

Americana perto de estabelecer recorde

Simone Biles, Ginástica Artística, Estados Unidos, Jogos Olímpicos
Simone Biles, Ginástica Artística, Estados Unidos, Jogos Olímpicos • Foto: Reuters
A norte-americana Simone Biles confirmou o favoritismo absoluto no concurso individual de ginástica dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, arrebatando a medalha de ouro.

A jovem texana, de 19 anos e já tripla campeã do mundo, junta este ouro do 'all-around' ao que já tinha do concurso por equipas e aponta agora para um inédito 'penta', já que segue para três das quatro finais por aparelhos: vai para as de cavalo, trave e solo, só falhando a de paralelas assimétricas.

Hoje, Biles foi a melhor na trave (15,433), no solo (15,933) e no cavalo (15,866), o que torna perfeitamente plausível o quíntuplo sucesso. Apenas 'destoou' nas paralelas assimétricas, com um parcial que a colocou como sétima e fora da final.

O domínio dos Estados Unidos voltou a ser muito claro, já que a seguir aos 62,198 pontos de Simone Biles a melhor pontuação foram os 60,098 de Alexandra Raisman, que alcançou a sua quinta medalha olímpica. O bronze foi para a melhor das russas, Aliya Mustafina, com 58,665, que repetiu o lugar de há quatro anos e chegou às seis medalhas em Jogos.

Se alcançar os cinco títulos no Brasil, a norte-americana deixa para trás os êxitos quádruplos em torneios olímpicos conseguidos pela soviética Larissa Latynina (1956), a checoslovaca Vera Caslavska (1968) e a romena Ecaterina Szabo (1984).

Biles ganhou todos os concursos completos internacionais em que tem participado, incluindo os Mundiais de 2013, 2014 e 2015, igualando o registo da russa Svetlana Korkhina (1997, 2001 e 2003), e soma 10 títulos mundiais no total.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ginástica Artística

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M