Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Tribunal confirma expulsão de Yuri Van Gelder por saída noturna

Holandês 'enviado' para casa

Yuri Van Gelder, Jogos Olímpicos, ginástica, Holanda
Yuri Van Gelder, Jogos Olímpicos, ginástica, Holanda • Foto: EPA
O tribunal de Arnhem, da Holanda, confirmou esta sexta-feira a decisão do Comité Olímpico da Holanda (COH) de enviar para casa o ginasta holandês Yuri Van Gelder, por ter saído de noite da Aldeia Olímpica sem autorização.

Segundo o tribunal holandês, a decisão tomada pelo COH foi a mais correta, pelo que Van Gelder não poderá regressar ao Brasil para participar na final de ginástica artística dos Jogos Olímpicos, informou a agência ANP.

Yuri Van Gelder admitiu que, depois de tomar umas cervejas num bar, apanhou um táxi para deixar em casa um dos amigos que celebrava consigo o seu apuramento para a final.

Depois, regressou ao clube onde se encontrava com a namorada e outro amigo, para ir buscá-los, negando estar ausente a noite toda numa discoteca.

O COH considerou que o atleta, de 35 anos, tinha "infringido as normas e os valores" da equipa e da associação de ginástica.

Os responsáveis do comité olímpico consideraram que não tinham outra opção se não a de mandar o ginasta regressar a casa.

"Os nossos atletas têm que dar o exemplo e, com o seu comportamento, isso não se verificou", referiu o COH, em comunicado.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ginástica Artística

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M