Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

João Costa: «Podem ter sido dois milímetros...»

Português falhou final por dois pontos

• Foto: LUSA
O português João Costa disse este sábado estar satisfeito com a sua prestação na pistola de ar comprimido a 10 metros dos Jogos Olímpicos Rio'2016, embora refira que os dois pontos que faltaram possam ter sido dois milímetros.

No Centro Olímpico de Tiro, no Deodoro, o atleta mais velho da comitiva portuguesa, de 51 anos, concluiu a prova no 11.º lugar, com 578 pontos, a dois pontos da qualificação, que, "em termos reais, podem ter sido dois milímetros".

Apesar de ter ficado tão perto da final, João Costa, que está pela quinta vez nos Jogos Olímpicos, considera que "dois pontos é como se fosse quase finalista", garantindo que não teve azar nesta prova, pois "dois 9.0 e se fossem 8.9 faria a diferença para pior".

"Não tenho [razão para estar triste]. Estaria muito contente se estivesse na final, assim estou contente só", assumiu o experiente atirador.

João Costa, que iniciou a competição com sete pontuações máximas (10) consecutivas, esteve durante grande parte da prova em zona de qualificação, mas acabou por não conseguir alcançar a sua terceira final em Jogos, depois de Sydney'2000 e Londres'2012.

"Isto o que se vê ali são séries de 10 tiros, mas o que conta mesmo é o total. Nunca posso apontar a um tiro o que correu mal. Posso apontar dois pontos maus, mas é o somatório que conta, não é uma questão de séries. Estamos focados a prova toda e é o resultado que conta no final", afirmou.

Assegurando ainda "estar bem preparado para esta modalidade", João Costa lembrou que "o humano não é uma máquina, não é um robot". "Portanto nós fazemos o que conseguimos e o que falhamos é porque somos humanos e não somos perfeitos", referiu.

O português ainda vai competir na pistola a 50 metros, na quarta-feira, mas não quis avançar expetativas. "Nos 50 metros, vamos também contar com o vento e a chuva, que vai influenciar toda a gente. Há pessoas que não gostam de atirar com vento e com chuva, eu tenho-me dado bem. Não vou revelar as expetativas, porque é pessoal", afirmou.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Tiro

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M