O piloto português Miguel Oliveira, aos comandos de uma KTM, foi esta sexta-feira o terceiro mais rápido nos treinos livres do Grande Prémio do Japão de Moto2, 15.ª prova do Mundial de motociclismo de velocidade.

Oliveira efetuou a sua melhor marca durante a segunda sessão de treinos no circuito de Motegi - muito condicionada pela chuva -, com o tempo de 2.05,807 minutos, mais 525 milésimos do que o detentor do melhor registo, o suíço Thomas Luthi (Kalex), com 2.05,282.

"Houve muita chuva, tanto pela manhã como pela tarde, mas, em geral, fizemos um bom trabalho. Falta saber como estará o tempo amanhã para a qualificação, mas estou contente com a moto, com o trabalho feito até aqui e sinto-me muito confortável à chuva", observou Oliveira, citado pela sua assessoria de comunicação.

O piloto português ocupa o terceiro lugar no Mundial da classe intermédia, a 91 pontos do líder, o italiano Franco Morbidell (Kalex), que hoje obteve a quinta melhor marca, a 938 milésimos de Luthi, segundo classificado do campeonato, com 70 pontos de vantagem sobre Oliveira.