Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Paulo Gonçalves começa o dia em terceiro

Português está a 34 minutos de Price

• Foto: EPA
Quando tudo e todos pensavam que Paulo Gonçalves apenas teria perdido escassos minutos para a concorrência, eis que a organização do Dakar'2016 divulgou, já madrugada dentro, a classificação geral retificada após a etapa 9, que atira o português para o terceiro posto, a 34,01 minutos de Toby Price.

Ao piloto de Esposende foi atribuído um "tempo virtual" de 3.58,54 horas, isto numa etapa na qual o português não chegou a cruzar a linha de meta perante os problemas que teve na sua Honda. Basicamente o que a organização terá feito foi efetuar uma regra de três simples entre o tempo do último piloto a completar a especial e os registos do CP2, definindo daí todos os resultados dos pilotos que não chegaram a completar a especial em face do anulamento da sua parte final.

Contudo, as perdas de Gonçalves podem ser ainda maiores caso o português tenha mesmo sido obrigado a mudar de motor. Aí, será penalizado em 15 minutos e cairá para 7.º, um minuto à frente de Hélder Rodrigues. Desta forma, cai praticamente por terra o sonho de vencer finalmente a prova, ficando a presença no top-10 como objetivo possível para o piloto nacional da Honda, que liderou a prova durante várias etapas.

Classificação geral retificada:

1. Toby Price (KTM), 30:55.34 horas
2. Stefan Svitko (KTM), a 28.59 minutos
3. Paulo Gonçalves (Honda), a 34.01
4. Pablo Quintanilla (Husqvarna), a 38.41
5. Antoine Meo (KTM), a 42.08 m
6. Kevin Benavides (Honda), a 48.03
7. Hélder Rodrigues (Yamaha), a 50.03
8. Gerard Farres Guell (KTM), a 54.10
9. Ricky Brabec (Honda), a 1:04.08 horas
(…)
20. Mário Patrão (KTM), a 2:45.58 horas
58. Pedro Bianchi Prata (Honda), a 9:14.23 horas
Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Dakar'2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M