Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Paulo Gonçalves admite que "resultado sabe a pouco"

Piloto português não esconde alguma frustração no regresso a Portugal

• Foto: EPA
No regresso a Portugal depois de ter terminado em 6.º lugar no Dakar'2017, Paulo Gonçalves não escondeu alguma frustração com a posição final, apesar de ter sido o melhor português e ter registado o seu segundo melhor resultado de sempre, depois do 2.º posto alcançado em 2015.

"Este resultado sabe a pouco. Vim de edições anteriores com um resultado menos bom mas mais feliz. Aquilo que fizemos em pista permitia-nos ter um resultado bastante melhor. Mas tenho de aceitar o resultado. Obviamente que a nossa equipa fez um recurso da decisão do comissário do grupo de júris. Vamos aguardar a decisão. Acho que foi o único ponto negativo", adiantou Paulo Gonçalves.

Segundo o piloto português da Honda, o "objetivo era discutir o pódio" e conseguir a 'dobradinha'. "Perceber que podíamos ter feito uma dobradinha mas, devido a uma decisão de secretaria, não conseguirmos é frustrante. Não tivemos qualquer tipo de benefício com o abastecimento naquela zona. Tínhamos abastecido cinco litros 50 quilómetros antes e não tinha acontecido nada. Houve um erro de interpretação e o regulamento não está claro nesse aspeto. E, por isso, fomos penalizados e não festejámos. Vamos aguardar o resultado do recurso", frisou.

Paulo Gonçalves admitiu ainda que não sabe o motivo pelo qual foi penalizado, mas reiterou que tudo está a ser tratado no sentido de que o que se passou seja esclarecido. "Existe a possibilidade de ser retirada essa penalização. Não será fácil, certamente. Não fui notificado de qual o artigo que violei. Não sei se foi por reabastecimento ou se por outra coisa qualquer. Neste momento, a parte jurídica da equipa está a tratar desse processo", disse ainda.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Dakar'2017

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M