Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Camião de Elisabete Jacinto abalroado duas vezes

Choque com concorrente holandês gera queixa portuguesa

O camião de Elisabete Jacinto foi esta sexta-feira abalroado duas vezes por outro camião, pertencente a uma equipa holandesa. O acidente marcou a primeira etapa do Libya Rally, já de si repleta de percalços.

À chegada ao acampamento, em Tan-Tan, eram visíveis os danos na lateral. A piloto da Oleoban contou o episódio.

"Tivemos de nos desviar [da rota] porque havia um waypoint mal assinalado. Eu vi o outro camião atrás de mim pelo espelho mas pensei que ele se fosse desviar. Mas não desviou e bateu-nos!", comentou Elisabete a Record.

A piloto explicou depois que o mesmo camião acabou por chocar novamente com o da equipa portuguesa: "Só havia uma pista e eu até sou de me desviar quando são mais rápidos do que eu. Mas ele veio novamente para cima de nós e bateu-nos pela segunda vez. Isto não pode acontecer".

A Oleoban apresentou queixa de imediato junto da organização, não havendo ainda resposta.

Queixas generalizadas

A primeira etapa do Libya Rally ficou ainda marcada por deficiências no trajeto que originaram várias alterações na rota dos participantes. Waypoints mal colocados ou assinalados de forma incorreta nos road books levaram a que os pilotos tivessem de improvisar, o que acabou por deixar alguns veículos enterrados.
Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Libya Rally'2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M