Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

BTT: Vestigios de Portugal

PELOS TRILHOS DO MUNDIAL

BTT: Vestigios de Portugal
BTT: Vestigios de Portugal

Logo no dia da chegada não se falava de outra coisa que não fosse de ciclismo, mas desta feita de estrada. Lance Armstrong estava a participar na "Cape Argus cycling race", a mais participada prova de estrada da África do Sul e das maiores do Mundo, com 35.000 participantes a competirem nos 109 km que percorrem a península do Cabo. Armstrong participou para promover a fundação "Livestrong" mas acabou por andar lá bem na frente! Passados 5 dias em terras sul-africanas, o estágio de preparação e adaptação programado parece fazer mais do que nunca sentido.

 

Na 2.ª feira efetuámos o reconhecimento dos segmentos mais técnicos da 1.ª etapa, num treino de cerca de 3 horas e na 5.ª feira estivemos durante cerca de 2.30 horas nos "single-tracks" rochosos da 8ª e última etapa. Depois dos últimos 6 meses a treinar e competir em condições extremas de humidade e lama em Portugal, tivemos de voltar a aprender a andar na areia, gravilha, pedras soltas, rochas, e ao calor! Na Cidade do Cabo, à beira mar, as temperaturas têm rondado os 28-30ºC, mas apenas 60 km para o interior, onde as etapas irão decorrer, temos diariamente enfrentado temperaturas acima dos 40ºC. O 4.º dia de estágio foi para nós um marco histórico! Estivemos no Cabo da boa Esperança e sentimos enorme orgulho de sermos portugueses!

 

A passagem de Bartolomeu Dias e Vasco da Gama por aquela Cabo, cerca de 500 anos antes, não foi esquecido e existem vestígios históricos e referências um pouco por toda a parte do enorme parque natural onde fico situado "Cape Point". O "Projeto Portugal na África do Sul" foi neste dia uma realidade que sentimos bem presente. O dia de hoje foi de descanso total e não pedalámos. Foram efectuados últimos acertos nas bicicletas e substituição de algumas peças que já apresentavam desgaste depois de 5 treinos. As descidas muito prolongadas e técnicas consomem as pastilhas de travão em poucas horas, e as correntes e cassetes sofrem imenso devido às condições muito secas, e ao pó constante. Estivemos pelo primeiro dia na zona do secretariado da competição e a animação é enorme na "Waterfront" da Cidade do Cabo.

 

A quantidade de duplas a circular pela cidade é enorme e os ciclistas estão sempre 2 a 2, como se de alguma forma já estivessem a ensaiar as condições da prova! A poucos minutos da "waterfront" tivemos oportunidade de ver o estádio que irá acolher 8 dos jogos do Campeonato do Mundo. Ainda com obras a decorrerem, parece mesmo assim que todos estão prontos para receber os milhares de fãns esperados. Ontem foi dia de briefing técnico e de receber o último material e informações antes da etapa de Domingo. Sentimos para já que estamos preparados, mas que o desgaste irá ser enorme!

 

As situações de treino foram um indicador excelente, mas em 2.30 horas ou 3 de treino, consumimos sempre toda a reserva de água que transportávamos (2,25 L cada um) e apenas efectuámos cerca de 40km em cada sessão, sendo então de esperar 5 a 6 horas de esforço diários tendo em conta os 90 a 120 km por etapa.

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Outras

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M