O Marítimo apresentou esta terça-feira a equipa de padel, constituída por 35 atletas, reforçando a ideia de ser uma oportunidade de apostar numa nova modalidade, com o sonho de chegar ao nível internacional.

"O padel é um desporto que está na moda, uma modalidade em franco crescimento e o Marítimo não podia deixar passar esta oportunidade", referiu o presidente do clube, Carlos Pereira, rodeado pelos atletas 'verde rubros'.

A apresentação ocorreu no novo campo de padel, situado junto ao Estádio do Marítimo, com a promessa de que outros dois campos vão ser abertos.

Para Carlos Pereira, trata-se de um "grande aproveitamento do espaço", pois os campos passam de treino a ser palcos de jogo, e pretende um rápido crescimento, adquirindo "novos conhecimentos e ligações" para, um dia, chegar aos palcos internacionais.

"Não vamos prometer muitas coisas, mas sim prometer muito trabalho e dedicação para um crescimento rápido, num ambiente familiar, sempre com o desporto na primeira linha", assegurou.

João Paulo Gomes, o presidente da nova Associação de Padel da Madeira, criada em fevereiro, mostrou-se satisfeito com a iniciativa e ambiciona presenças madeirenses nas competições nacionais.

"Vemos nascer uma infraestrutura muito importante para o desporto na região e é bom ver uma aposta forte na modalidade", salientou, referindo ainda a recente formação de 13 novos árbitros na Madeira e Porto Santo.

O capitão da equipa do Marítimo, Gonçalo Henriques, destacou a "forte adesão" naquele que garante ser um "projeto de sucesso".