Mais de três centenas de remadores, em representação de 20 clubes de Portugal, Espanha, França e Inglaterra vão participar, a 11 e 12 de fevereiro, em Viana do Castelo, na IV Regata Internacional de Fundo, anunciou esta terça-feira a organização.

Segundo o presidente do Viana Remadores do Lima (VRL), clube que organiza a prova, trata-se do "evento da modalidade de remo, nesta categoria de competição, mais importante e daí a participação das grandes equipas".

A prova, que tem o apoio da Câmara de Viana do Castelo, vai contar com a participação de 44 equipas, de treze clubes portugueses, quatro espanhóis, um francês e um inglês, mobilizando um total de 243 remadores masculinos e 68 femininos.

Entre as equipas confirmadas, o presidente do VRL, José Esteves, destacou as espanholas do Real Clube Labradores de Sevilha (campeã de Espanha), do Clube Náutico de Sevilha e do Clube Remo Miño; a francesa do Club Société des Régates Mâconnaises, de Macon, e a inglesa Agecroft Rowing Club, de Manchester.

A competição, que vai decorrer, no próximo fim de semana, no rio Lima, no troço que abrange o centro da cidade de Viana do Castelo. Segundo a organização, a principal novidade da prova é a realizaçao no sábado, a partir das 15 horas, das regatas de Sprint, na distância de 400 metros, com saída da doca comercial, onde estará atracado o navio-museu Gil Eanes.

"Penso que será inédito a nível europeu. Não conhecemos nenhuma regata que se realize no centro da cidade, nestas condições, num espaço contido como este, junto com o Gil Eanes", referiu.

No domingo decorre, pelas 14 horas, a prova principal da competição. A regata de fundo, em circuito, tem uma extensão de 6.500 metros, com saída na Praça da Liberdade e chegada em frente ao Centro de Remo da cidade.

O vereador, com o pelouro do desporto, na Câmara de Viana do Castelo, Vítor Lemos afirmou que se trata de uma prova "muito interessante" pela "competição fortíssima" que vai representar para as equipas participantes e por trazer à capital do Alto Minho "mais de 300 atletas".

Autor: Lusa