Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Snooker no Eurosport na próxima década e Open de Lisboa de regresso

Barry Hearn e Peter Hutton selam acordo e colocam Portugal como prioridade

O anúncio foi feito em conferência de imprensa com a presença dos responsáveis máximos da World Snooker e do Eurosport, Barry Hearn e Peter Hutton: o snooker permanecerá nos ecrãs do Eurosport nos próximos 10 anos e Portugal é uma prioridade.

Há alguns dias que corria o rumor nos bastidores do Crucible Theatre de Sheffield que algo grande seria em breve anunciado. Foi maior do que se esperava: a World Snooker e o Eurosport assinaram um contrato de 10 anos para a continuidade do snooker no canal pan-europeu que, recorde-se, foi adquirido em 2015 pelo grupo Discovery.

Além da notícia que alegra todos os fãs da modalidade, para Portugal saiu ainda um bónus. Numa conferência de imprensa concorrida, onde dezenas de órgãos de comunicação social de todo o mundo marcaram presença, Portugal foi dado como exemplo de sucesso da modalidade na Europa continental: "Queremos fazer crescer a modalidade em todo o mundo e a Europa do sul é uma prioridade", começou por dizer Barry Hear, o ‘patrão’ da World Snooker. E continuou: "O melhor exemplo que podemos dar é Portugal. Não tem jogadores de topo, nem árbitros nem tradição. Porém, o amor dos portugueses pelo snooker é inquestionável e isso viu-se no sucesso do Lisbon Open de 2014 e vê-se diariamente nas audiências do Eurosport no país".

Pelo mesmo diapasão seguiu o CEO do Eurosport, Peter Hutton: "Portugal é um caso de sucesso a toda a linha, e não é por acaso que temos os direitos da Formula 1. Queremos mais. Queremos apoiar as competições nacionais, encontrar jovens talentos não apenas em Portugal mas em toda a Europa continental, pois o Eurosport fará uma aposta decisiva na diversidade de conteúdos por região e por país".

Lisbon Open de regresso

À margem do anúncio que Barry Hearn apelidou de "um casamento duradouro após um longo namoro de mais de 15 anos", o responsável pela World Snooker disse claramente o que espera de Portugal e dos portugueses: "O nosso objetivo prioritário é levar o snooker onde a paixão é sentida. Portugal é um desses casos, assim como a Roménia, Bulgária ou Grécia. Tudo faremos para que, já na próxima temporada, o Lisbon Open faça parte do lote de 18 provas que irão compor o calendário oficial".

Ainda sem dados adicionais, nomeadamente datas ou formato, o que se pode dizer para já é que os fãs de snooker portugueses têm muitas e boas razões para estarem felizes. Snooker na TV não faltará e as estrelas da modalidade estarão de regresso ao nosso país em breve.

Autor: Miguel Sancho
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Snooker

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M