O sul-africano Kevin Anderson assegurou esta quarta-feira o apuramento para as meias-finais do torneio de Wimbledon, ao bater em cinco sets o suíço Roger Federer, o detentor do troféu, com parciais de 2-6, 7-6 (5), 7–5, 6–4 e 13-11, numa maratona de quatro horas e 17 minutos.

O helvético até venceu os primeiros dois sets (fixando um novo recorde de sets consecutivos ganhos no All-England Club) e parecia embalado para novo triunfo, mas acabou surpreendido pelo sul-africano, que levou a melhor nos três seguintes, com especial destaque para o derradeiro, que acabou por ser ganho de forma titânica.

Kevin Anderson, 8.º colocado do ranking ATP, alcança a sua primeira meia-final em Wimbledon, estando ainda em busca do seu primeiro título de Grand Slams (foi finalista no US Open do ano passado, o qual perdeu para Rafa Nadal).

Nas meias-finais, o sul-africano vai defrontar o vencedor do encontro entre o canadiano Milos Raonic (32.º) e o norte-americano John Isner (10.º).


Autor: Fábio Lima