Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Djokovic não fugiu ao 'caso Serena', apontou o dedo ao português mas não concorda com o WTA

A carregar o vídeo ...
Novak Djokovic adora Serena Williams. Esse foi o primeiro ponto que o tenista sérvio quis deixar claro. Depois o campeão do US Open afirmou que o caso é difícil, que o  português "não deveria ter levado Serena aos limites", principalmente por se tratar de uma final de um Grand Slam, e que na sua opinião Carlos Ramos "influenciou o rumo do jogo". Mas Djokovic também considera que não faz sentido as declarações do diretor do WTA, Steve Simon, quando fala em sexismo. Um caso que ainda vai dar muito que falar.
Deixe o seu comentário

Pub

Publicidade
Deixe o seu comentário

Fotogalerias

Fotogalerias

Vídeos

Vídeos
M M