17.ABR.2017 - 18H53 

Golo (e festejo) de Nicolía provocaram o caos no Argentina-Portugal

Sempre que se encontram no ringue, Argentina e Portugal costumam dar um espectáculo de hóquei em patins, com emoções fortes à mistura. Este domingo a final do Torneio de Montreux não foi diferente, mas, desta feita, acabou por chegar mesmo ao ponto de haver um foco de confronto físico. Tudo se deu quando o benfiquista Carlos Nicolía fez o 3-2 para os argentinos, aos 29' de jogo. O argentino terá provocado Pedro Henriques, guarda-redes vinculado ao Benfica que está cedido ao Reus, gerando um momento de tensão junto à tabela. O primeiro a lá chegar foi João Rodrigues, que rapidamente se afastou, mas os problemas maiores apareceram quando o selecionador nacional Luís Sénica se aproximou. O técnico nacional, diga-se, parece atingir Lucas Ordóñez...

M M