20.MAR.2017 - 21H53 

Há penáltis e penáltis. Este é especial!

Hernane Brocador, avançado, 30 anos, tem como principal título da carreira uma Taça do Brasil, conquistada ao serviço do Flamengo, em 2013. Esta semana, o dianteiro do Bahia juntou a esse, outro título: o do penálti mais ridículo da história do futebol brasileiro. Brocador, tentou bater à Panenka e a realidade é que, a esta hora, provavelmente, o guarda-redes do Galícia, ainda está a rir-se da inabilidade do avançado. Mau de mais, para ser verdade. Mas, é.

M M