Cristiano Ronaldo cumpre hoje 33 anos e fá-lo no auge: é o atual Bola de Ouro, campeão espanhol em título e bicampeão europeu, atingindo este patamar ao serviço do Real Madrid, tal como... Alfredo di Stéfano o fizera. E, ao contrário de muitos outros craques, Ronaldo não está nem perto de acabar, até porque continua a revelar uma ambição sem limites.

"Para mim, [Ronaldo] é o jogador mais completo depois de Alfredo di Stéfano, é o herdeiro de Alfredo." Esta declaração foi feita por Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, no passado mês de dezembro, quando Ronaldo ganhou a Bola de Ouro. "Quero sete Bolas de Ouro e sete filhos", afirmou Cristiano quando recebeu o 5º troféu, mostrando que não vai parar tão cedo e continuará a lutar por manter-se no patamar mais alto do futebol.

Se, aos 33 anos, Eusébio cumpria a última época no Benfica ou Maradona já havia regressado à Argentina e representava o Newell’s Old Boys depois do sucesso construído no Nápoles, Ronaldo atinge esta idade no Real Madrid, tal como Di Stéfano, e promete novas conquistas... tentando igualar o feito da ‘Seta Ruiva’: depois dos 33 anos ainda conquistou uma Taça dos Campeões Europeus, quatro campeonatos, uma Intercontinental e uma Taça do Rei pelo Real Madrid! Para já, Ronaldo ainda tem a Champions como um troféu passível de ganhar esta época, já que a Liga não passa de um sonho.

Planos e visão para o futuro

Na numerologia, o 33 significa "o Líder" e tem como características positivas "controlo emocional, idealismo, capacidade de comando, planos e visão para o futuro". Quem já ouviu o discurso de CR7, encontra nele bem vincadas as últimas duas características. O capitão da Seleção Nacional tem vários planos e a visão para o futuro enquanto futebolista é ainda larga: "O meu sonho é terminar a carreira no Real Madrid. Se te cuidares, podes jogar até aos 40 anos."

Uma dúvida e muitos desafios

Aos 33 anos, Ronaldo vive uma época complicada no Real Madrid e já tem as atenções concentradas na Liga dos Campeões, como fez questão de alertar o plantel há poucas semanas. A eventual renovação de contrato continua a ser um problema a resolver e uma dúvida em relação ao futuro imediato do jogador, embora o jornal espanhol ‘ABC’ já tenha adiantado um suposto acordo – contrato atual vigora até 2021 – com um aumento de salário para 30 milhões de euros/ano.

Além disso, Ronaldo pode ainda ganhar o único grande troféu que lhe falta aos 33 anos: no próximo verão, pela Seleção Nacional, pode vincar o papel de lenda que já tem no futebol mundial caso, dois anos após a célebre vitória no Euro’2016, consiga levar Portugal à conquista do... Mundial.

ONDE ESTAVAM OUTROS CRAQUES AOS 33 ANOS?

Eusébio jogava no Benfica

No dia do seu 33º aniversário, o Benfica ganhou 2-1 no Restelo com um bis de Moinhos e Eusébio não jogou. Deixaria o Benfica no final dessa época para rumar ao futebol dos Estados Unidos.

Di Stéfano jogava no Real Madrid

Preparava-se para cumprir a 7ª época consecutiva no Real Madrid depois de já ter ganho 4 Ligas e 4 Taças dos Campeões Europeus.

Maradona jogava no Newell's Old Boys

Tinha regressado há pouco tempo à Argentina para jogar no Newell’s Old Boys. No dia de anos, não alinhou na derrota caseira do Newell’s frente ao Vélez Sarsfield, por 2-1.

Ronaldo 'Fenómeno' estava sem clube

No dia do 33º aniversário, estava sem clube e a recuperar da segunda operação a um joelho. Assinaria pelo Corinthians a 9 de dezembro de 2009, ainda com 33 anos.

Ronaldinho jogava no Atlético Mineiro

Cumpria a 2ª época no Galo e no dia anterior ao aniversário, fez um golo na vitória (0-2) sobre o América TO, para o estadual.

Pelé jogava no Santos

Sagrou-se melhor marcador do Santos no Brasileirão (19 golos) e deixaria o clube de uma vida com 33 anos.

Zidane jogava no Real Madrid

Depois de uma temporada sem títulos, aos 33 anos cumpriu depois a última época ao serviço do Real Madrid.

Autor: Hugo Neves

Temas:

Ronaldo