Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Saída de campo

António Magalhães
António Magalhães Diretor de Record

A águia e a marmota

O Conselho de Disciplina da FPF decretou a sanção de jogo à porta fechada para o Benfica, Sp. Braga e P. Ferreira. Por razões distintas, os três clubes enfrentam um castigo comum e pouco vulgar no futebol português mas que decorre dos regulamentos e do seu cumprimento. Essa é a boa notícia, pois o que estamos habituados a ver no futebol é ao aligeirar das penas. Registe-se, aliás, que neste processo a sanção foi proposta pela Comissão de Instrutores da Liga, sendo ratificada pelo CD. Outra boa notícia, pois: a sintonia dos órgãos jurisdicionais. Caberá agora ao Pleno do CD e até ao TAD manter ou mudar a decisão. Seja qual for o sentido, a justiça funcionará.

Para o Benfica, é obviamente uma má notícia. Mais uma, a juntar àquelas que têm abalado o universo encarnado e que incluem também uma outra pena de jogo à porta fechada aplicada pelo IPDJ (por causa das claques ilegais). O Benfica vive numa espiral negativa de acontecimentos, apenas contrariada pelos resultados desportivos, e da qual não consegue libertar-se. Lembra um filme de sucesso em que o protagonista fica preso no tempo e vive sucessivamente o mesmo dia todos os dias. O dia da marmota. Só que no caso da águia, os dias não são iguais. Cada novo dia parece ser pior do que o anterior. Os benfiquistas só desejam que este pesadelo tenha um fim.
Deixe o seu comentário
M M