Saída de campo

Bernardo Ribeiro

Bernardo Ribeiro

Diretor adjunto
Bernardo Ribeiro

Ai estes dias de verão

O Conselho de Justiça da Federação decidiu finalmente sobre o famigerado Apito Final. A resolução de um caso cujo processo foi desencadeado há... 9 anos. Nos belos dias de verão que vivemos não apetece adjetivar a celeridade da justiça desportiva, aquilatar se existe mesmo ou o que foram estes vários apitos e as muitas consequências para o futebol português. Apenas uma certeza. A ineficácia dos órgãos desportivos, e neste caso até cíveis e criminais, levaram ao descrédito total do futebol dentro de portas. São muito poucos os adeptos rivais que hoje acreditam no mérito e legalidade de quem ganha. Seja Benfica, FC Porto ou Sporting, quem vence é totalmente menosprezado pelos derrotados. Os títulos perderam credibilidade. Das escutas aos emails, todos percebemos que há demasiado futebol jogado fora de campo. Pior, que não obedece às regras de qualquer árbitro. Antes ri-se de quem investiga, goza com quem pune. Um bom exemplo a mais recente campanha do Benfica: o investigue-se. Tornar banal um comportamento que, pelo menos eticamente, é tudo menos limpinho.

Resta-nos hoje Fernando Pimenta. Um dos grandes atletas deste país e que não se cansa de conquistar medalhas. Há outros. A eles, o que dão tudo lá dentro, o meu obrigado.

16.07.2017
M M