O nosso website armazena cookies no seu equipamento que são utilizados para assegurar funcionalidades que lhe permitem uma melhor experiência de navegação e utilização. Ao prosseguir com a navegação está a consentir a sua utilização. Para saber mais sobre cookies ou para os desativar consulte a Politica de Cookies Cofina

Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Saída de campo

Bernardo Ribeiro
Bernardo Ribeiro Diretor adjunto de Record

Coisas boas e outras más

Vencer um jogo de preparação vale o que vale. Como perdê-lo. Sabe melhor assim, mas não define nada do que aí vem. Foi positivo ver a Seleção com mecânicas interessantes e uma dinâmica de jogo capaz de entusiasmar. Claro que o adversário era a Argélia, pouco motivada e sem interesse em defender o que fosse. Estamos prontos? Parece. Não por termos ganho ontem, mas sim pela alegria demonstrada por alguns dos nossos jogadores. Era melhor ter Ronaldo sem Florentino na cabeça. Mas pode ser que lhe faça bem. Dava jeito.

O leão continua em bolandas. Mais prisões, extrema-direita candidata à liderança da claque mais antiga, presidente e órgãos sociais ainda de costas voltadas e dois treinadores a dizerem ‘não, obrigado’ quando confrontados com a hipótese de sucederem a Jesus. Pelo meio, a contratação de um lateral-direito. Parece surreal mas não é. É, sim, o Sporting 2018/19.

O Benfica vê-se envolvido em mais uma investigação policial. Os dedos de uma só mão já não chegam para contar as buscas ao Estádio da Luz. Boa notícia para o clube o arquivamento dos ‘vouchers’ na FIFA. Se a PJ estiver de acordo, sempre é menos uma.

Atitude triste a de Júlio Mendes em relação à invasão do centro de estágio em Guimarães. Após Alcochete, era o último exemplo de que o país precisava. Lamento.
1
Deixe o seu comentário
M M