Saída de campo

Bernardo Ribeiro

Bernardo Ribeiro

Diretor adjunto
Bernardo Ribeiro

Leão sim e águia não

O Sporting de Jorge Jesus conseguiu matar um borrego importantíssimo frente ao Tondela, quando vinha de um jogo de Liga dos Campeões e um dos seus rivais diretos acabara de perder no Bessa. Este é um daqueles que valem ainda mais do que pontos. Os leões quebraram uma malapata, conseguiram vencer sem grandes convulsões após o esforço na Grécia e ainda superar a pressão de fazer tudo bem num jogo em que o desaire do campeão aumentava a pressão. Com Cristiano Ronaldo nas bancadas como adepto, a equipa de Jorge Jesus não conseguiu fazer uma exibição de luxo, mas ainda assim deixou na retina de todos dois golos com boa nota artística. Um triunfo muito importante e que coloca os leões à espera do FC Porto, mas já com 5 pontos de vantagem sobre o tetracampeão. Alvalade sorri.

No Bessa o Benfica acrescentou um capítulo a uma crise que se adivinhava, mas a queda frente aos boavisteiros tornou-a oficial. O empate frente ao Rio Ave, a complicada vitória com o Portimonense e a derrota perante o CSKA deixaram à vista sinais preocupantes. Rui Vitória preferiu ignorá-los num discurso demasiado otimista. O Bessa foi a chamada à Terra que os encarnados deveriam ter evitado. Varela é apontado como grande culpado da derrota. É fácil apostar na formação quando se ganha. Há que saber defendê-la quando se perde.

17.09.2017
M M