Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Saída de campo

Bernardo Ribeiro
Bernardo Ribeiro Diretor adjunto de Record

Problemas bicudos

Benfica e Sporting vivem dias complicados. Ainda que por razões radicalmente diferentes e em planos que nada têm a ver. Os encarnados veem a imagem maltratada por uma acusação de corrupção ativa ao braço direito de Luís Filipe Vieira; os leões o treinador Jorge Jesus sem os trunfos de que mais precisa para atacar o que se tornou, provavelmente, o maior objetivo da época: a Liga Europa.

Na Luz é tempo de rever a matéria dada. Vieira fugiu aos jornalistas com uma reação semelhante à de não conhecer a existência de claques no Benfica: "Só sei o que veio nos jornais." Não lhe fica bem. Os adeptos do clube merecem mais. Já o administrador Nuno Gaioso, com responsabilidade de Estado, assumiu que se trata de um momento delicado para o emblema "com um dano reputacional muito grande". Fê-lo demarcando claramente a SAD das ações de Paulo Gonçalves. A estratégia não podia ser outra. Admitiria a culpa no caso das acusações acabarem provadas. A cair, o homem mais próximo do presidente deverá fazê-lo sozinho.

Em Alvalade joga-se o futuro do leão de JJ. Com o campeonato praticamente perdido, a Liga Europa e a Taça de Portugal são os objetivos que se seguem. Não está fácil ao técnico jogar com os melhores. Será necessária muita solidariedade e capacidade de superação. Chegará?

Deixe o seu comentário
M M