Saída de campo

Bernardo Ribeiro

Bernardo Ribeiro

Diretor adjunto
Bernardo Ribeiro

Teste sem história

É sempre importante a realização de jogos particulares antes das grandes provas para afinar algumas particularidades, mas esta paragem para muitas das equipas já apuradas serviu mais para ver segundas linhas do que para acertos de estratégia. No caso de Fernando Santos, o selecionador aproveitou para chamar alguns jogadores que têm andado longe das escolhas, não só por questões de qualidade, mas também porque ainda é cedo para ocuparem um lugar nos que vão ao Mundial. Acredito que estes dois testes tenham servido para o técnico limar arestas no que toca às escolhas que será obrigado a fazer, mas não me parece que seja o que viu frente a Arábia Saudita e Estados Unidos que vá ser determinante. Aliás, adivinho que Santos tem já muito poucas dúvidas nos nomes a chamar. Mas há imponderáveis de que tem de cuidar, como por exemplo as lesões. E ver como se portam jogadores que, por exemplo, sejam obrigados a sentar-se no banco é sempre importante em provas que se esperam longas.

Os sub-21 de Rui Jorge venceram um jogo importante e recolocam-se na corrida ao apuramento para o Europeu. O treinador tem mais uma geração interessante para moldar, só que o talento tem de se provar dentro de campo. E com suor também. É bom que os miúdos o percebam. Para não passarem ao lado.

15.11.2017
M M